[ editar artigo]

O que o ataque cibernético da Localiza tem a ver com sua Corretora de Seguros? TUDO! Leia o artigo...

O que o ataque cibernético da Localiza tem a ver com sua Corretora de Seguros? TUDO! Leia o artigo...

Que o número de ataques cibernéticos vem aumentando significativamente nos últimos anos, não deve ser novidade pra você. E que em 2022 não seria diferente, muito provavelmente também já imaginava... Mas o que por um lado é uma triste realidade, para o Corretor de Seguros, é uma grande oportunidade!

Um dos ataques mais recentes, que aconteceu no dia 11/01/22, foi o da empresa Localiza (Empresa de locação de veículos), que parece ter sido a primeira grande empresa brasileira (Listada na bolsa) a sofrer um ataque em 2022. O caso chamou a atenção da mídia e ainda mais para o mercado de Seguro Cyber.

Infelizmente essa é a realidade atual e a tendência é que esses ataques, se tornem cada vez mais comuns. Independente do quanto a empresa se proteja, ainda assim pode acontecer. Aliás, apesar de a mídia focar muito nas grandes empresas, fica aqui um alerta principalmente para as pequenas e médias que investem menos neste tipo de proteção e consequentemente ficam ainda mais expostas aos prejuízos financeiros que este tipo de ataque pode causar. Na minha opinião, essa cobertura é ainda mais importante para as pequenas e médias empresas, que não necessariamente teriam verba o suficiente para lidar com essa situação. É importante que o Corretor saiba que já temos hoje no mercado, seguradoras bem focadas no PME. Aliás, já existe até mesmo seguro cyber para a pessoa física 😉.

Mas como comentei no início do artigo, o que é uma triste realidade para alguns, pode ser uma grande oportunidade para o Corretor de Seguros. O mercado de seguro Cyber tem crescido a proporções absurdas nos últimos anos (83 milhões de prêmio até outubro de 2021 Vs 31 milhões em 2020) e não apenas por conta dos ataques cibernéticos, mas também muito motivado pela LGPD (Lei Geral de Proteção de Dados) que é um marco importante para nós enquanto sociedade, mas com certeza traz mais um risco/exposição às empresas.

Importante comentar ainda que, pelas notícias veiculadas, a Localiza já conseguiu reestabelecer os sistemas bem como informa que não houve qualquer vazamento de dados identificado até o momento. Ainda assim, cabe mencionar que caso tivessem uma apólice, contariam com coberturas para contratação de especialistas em T.I, despesas de publicidade, notificação e monitoramento, lucros cessantes (geralmente com franquia de alguns dias), multas e penalidades e para reclamações de terceiros (em caso de vazamento de dados).

E você Corretor (a), já atua no Ramo? Também considera este Ramo uma grande oportunidade?

Gostou deste artigo? Então curta, comente e até a próxima!

Carol Novaes

TUTUM
Carolina Novaes
Carolina Novaes Seguir

Carolina Novaes é especialista em D&O, E&O, Cyber e Seguro Garantia. Possui 15 anos de experiência no mercado segurador e oferece serviços de consultoria e especialização para Corretores de Seguro.

Ler conteúdo completo
Indicados para você