Atividades
  • Notificações
  • Tags
  • Favoritos
Nenhuma notificação

Multinacionais ampliam participação no mercado brasileiro de seguros

Multinacionais ampliam participação no mercado brasileiro de seguros
Conteúdo Tutum
jul. 27 - 3 min de leitura
0 Curtidas
0 Comentários
0

As empresas multinacionais estão ocupando uma participação crescente no mercado nacional de seguros. Dados do novo ranking da Confederação Nacional das Seguradoras (CNseg) apontam que no grupo das Top 10 do segmento de Danos e Responsabilidades (cobrem bens, patrimônio e prejuízo a terceiros), há sete estrangeiras: Tokio Marine (2º), Mapfre (3º), Allianz (4º), Zurich (7º), HDI (8º), Liberty (9º) e CNP (10º). Nesse grupo, as nacionais são Porto, líder de mercado com 15,2%, BB Seguros (5º) e Bradesco (6º).  Operações de compra e venda de carteiras de seguros nos últimos anos, como em automóveis e em outros ramos elementares, sobretudo em Grandes Riscos (petróleo, aeronáuticos, marítimos, entre outros), explicam parte do avanço das seguradoras globais. Os dados que delimitam o market share de todos os grupos seguradores reúnem a arrecadação acumulada em 12 meses até maio.

As nacionais predominam nos demais segmentos. Em Coberturas de Pessoas (segmento que reúne seguros para riscos diversos de pessoas, como vida, invalidez, prestamista etc), a liderança permanece com a BB Seguros, com 26,9% de fatia do mercado. É seguida pela Bradesco (20,4% de market share) e Caixa Seguros (19,3%). Há quatro grupos multinacionais ou com presença de capitais estrangeiros na relação dos 10 maiores: Zurich (4º), Prudential (7º) e Mapfre (10º).

Em Capitalização, a liderança é do grupo Bradesco, com 22,8% de participação de mercado. Depois, aparecem BB Seguros (18,2%) e Itaú (11,0%). Entre as estrangeiras, estão Santander, em 3º no ranking, com 15,4% de mercado e CNP, em 8º, com fatia de 3,9%. A capitalização é um produto em que parte dos pagamentos realizados pelo subscritor (consumidor) é usado para formar um capital, segundo cláusulas e regras aprovadas e mencionadas nas condições gerais do Título. Hoje, são seis modalidades de planos de capitalização com soluções capazes de atender a perfis variados de consumidores.

Na Saúde Suplementar, o ranking das operadoras de saúde considera dados dos 12 meses encerrados em dezembro. A Bradesco é a maior operadora, com 12,7% de participação no mercado de planos de saúde. Sul América (8,9% de share), Amil (8%), Notredame Intermédica (4%), HapVida (3,1%), Caixa de Assistência dos Funcionários do Banco do Brasil (2,6%), Central Nacional Unimed- Cooperativa Central (2,5%), Prevent Senior (2,1%), Unimed-RJ (2%), Unimed BH (2%) fecham a relação dos dez maiores grupos.

Para fins de cálculo, considera prêmio direto para seguradoras; contribuições para previdência; faturamento para capitalização; e contraprestação para saúde. Além dos quatro segmentos (Danos e Responsabilidades; Coberturas de Pessoas, Capitalização e Saúde Suplementar), o levantamento avalia o desempenho de alguns dos principais ramos e modalidades de seguros no acumulado de 12 meses


Denunciar publicação
0 Curtidas
0 Comentários
0
0 respostas

Indicados para você